sicnot

Perfil

País

Comer um pastel ou um bolo a meio da manhã é uma rotina que muitos não dispensam

Comer um pastel ou um bolo a meio da manhã é uma rotina que muitos não dispensam

Os snacks pela manhã, as carnes vermelhas às refeições e os abusos no sal e no açúcar são uma realidade entre os portugueses. Ainda assim, vai-se notando também uma maior sensibilidade para as questões da alimentação. Sobretudo quando começam a surgir problemas de saúde.

  • Os excessos dos portugueses à mesa
    2:13

    País

    3,5 milhões comem carne a mais. Também se está a ingerir açúcar e sal em excesso. Mais de metade são obesos ou têm pré-obesidade. São surpreendentes os resultados de um estudo sobre os hábitos alimentares dos portugueses. 

  • Somos (mesmo) o que comemos

    País

    Sabe quanto açúcar e quanto sal põe, diariamente, no prato dos seus filhos? Hoje relembramos a Grande Reportagem "Somos o que comemos", em formato interativo e muitos extras.

  • 7,8 milhões de portugueses consomem muito sal

    País

    Cerca de 3,5 milhões de mulheres (65,5%) e 4,3 milhões de homens (85,9%) em Portugal apresentam uma ingestão de sal acima do nível tolerado, segundo indica o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física (IAN-AF), apresentado hoje no Porto.

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.