sicnot

Perfil

País

Portugal teve um inverno mais seco do que o normal

O inverno foi mais seco em Portugal continental do que o normal, revela o boletim climatológico sazonal divulgado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o relatório, a quantidade média de chuva - 242,5 milímetros - que caiu entre dezembro e fevereiro "foi inferior ao valor médio, correspondendo a 69% do valor normal".

O IPMA realça que quantidades mais baixas de precipitação em relação à média verificada em dezembro de 2016 e janeiro e fevereiro de 2017 "ocorreram em 30% dos anos", desde 1931.

No final de fevereiro, mais de metade do território continental -- 57% - estava em seca fraca. No fim de dezembro e de janeiro, a percentagem foi superior, respetivamente 78% e 95 por cento.A temperatura foi considerada como normal durante o mesmo período, com o valor médio a fixar-se em 9,91ºC, mais 0,30ºC face ao normal.

Níveis de temperatura média acima dos registados no inverno 2016-2017 aconteceram em cerca de 20% dos anos, desde 1931.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera destaca, em janeiro, uma onda de frio, entre os dias 14 e 26, em alguns locais das regiões do Centro e Litoral Sul, e valores muito baixos da temperatura, no dia 19, por exemplo em Sabugal, que teve uma mínima de 9,9ºC negativos, assim como, na mesma data, queda de neve fraca no sotavento algarvio - São Brás de Alportel e serra do Caldeirão.

Em fevereiro, o boletim salienta vento forte, entre os dias 1 e 4, com rajadas acima dos 100 quilómetros por hora em alguns locais das regiões Norte e Centro, atingindo um valor recorde de 129,6 quilómetros por hora na Guarda, no dia 05.

O IPMA assinala ainda, no mesmo mês, no dia 11, inundações no sotavento algarvio, em particular no concelho de Vila Real de Santo António.

Lusa

  • Situação de seca cai para metade num mês

    País

    A chuva dos últimos dias reduziu as zonas em situação de seca fraca de 98% para 57% do território de janeiro para fevereiro. O mês que até foi classificado pela meteorologia como "quente" foi suficiente para retirar quase toda a região Norte, interior Centro e Algarve da situação de seca.

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Julgamento de Pedro Dias só deve começar após as férias judiciais
    2:59

    País

    O Tribunal da Guarda vai juntar o homicídio de Liliane Pinto ao processo principal dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias será interrogado em julho, mas o julgamento só deve começar depois das férias judiciais. No interrogatório judicial de 10 de novembro do ano passado, Pedro Dias ficou em silêncio.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.