sicnot

Perfil

País

Portugal teve um inverno mais seco do que o normal

O inverno foi mais seco em Portugal continental do que o normal, revela o boletim climatológico sazonal divulgado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o relatório, a quantidade média de chuva - 242,5 milímetros - que caiu entre dezembro e fevereiro "foi inferior ao valor médio, correspondendo a 69% do valor normal".

O IPMA realça que quantidades mais baixas de precipitação em relação à média verificada em dezembro de 2016 e janeiro e fevereiro de 2017 "ocorreram em 30% dos anos", desde 1931.

No final de fevereiro, mais de metade do território continental -- 57% - estava em seca fraca. No fim de dezembro e de janeiro, a percentagem foi superior, respetivamente 78% e 95 por cento.A temperatura foi considerada como normal durante o mesmo período, com o valor médio a fixar-se em 9,91ºC, mais 0,30ºC face ao normal.

Níveis de temperatura média acima dos registados no inverno 2016-2017 aconteceram em cerca de 20% dos anos, desde 1931.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera destaca, em janeiro, uma onda de frio, entre os dias 14 e 26, em alguns locais das regiões do Centro e Litoral Sul, e valores muito baixos da temperatura, no dia 19, por exemplo em Sabugal, que teve uma mínima de 9,9ºC negativos, assim como, na mesma data, queda de neve fraca no sotavento algarvio - São Brás de Alportel e serra do Caldeirão.

Em fevereiro, o boletim salienta vento forte, entre os dias 1 e 4, com rajadas acima dos 100 quilómetros por hora em alguns locais das regiões Norte e Centro, atingindo um valor recorde de 129,6 quilómetros por hora na Guarda, no dia 05.

O IPMA assinala ainda, no mesmo mês, no dia 11, inundações no sotavento algarvio, em particular no concelho de Vila Real de Santo António.

Lusa

  • Situação de seca cai para metade num mês

    País

    A chuva dos últimos dias reduziu as zonas em situação de seca fraca de 98% para 57% do território de janeiro para fevereiro. O mês que até foi classificado pela meteorologia como "quente" foi suficiente para retirar quase toda a região Norte, interior Centro e Algarve da situação de seca.

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15