sicnot

Perfil

País

Risco elevado de incêndios no Norte e Centro do país

As regiões Norte e Centro vão registar índices elevados a muito elevados de risco de incêndio esta quinta-feira, informou em comunicado a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

De acordo com o documento, emitido no seguimento de contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), no Comando Nacional de Operações de Socorro da ANPC, "destaca-se para os próximos dias a existência de um cenário desfavorável em termos de incêndios florestais", assente em temperaturas máximas que podem atingir valores entre os 28 e os 30 graus Celsius na generalidade do território, "situação que poderá manter-se nos próximos três dias".

Uma baixa humidade relativa, aliada a vento do quadrante leste nas regiões Norte e Centro, podendo, "nas terras altas" ocorrer rajadas até 70 quilómetros por hora, situação que pode estender-se até sábado, faz prever a existência de riscos de incêndio "elevados a muito elevados" naquelas zonas do país.

Neste quadro, a ANPC alerta para a proibição de, nos locais onde o risco de incêndio é superior a "elevado", realizar queimadas.

Para os locais onde o índice de risco de incêndio seja superior ao nível "muito elevado", não é permitido, entre outras medidas, fazer fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos, queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração e lançar foguetes.

Lusa

  • Fábricas e casas ameaçadas em Fafe já estão fora de perigo
    3:31

    País

    Já não estão em risco as fábricas e as casas ameaçadas pelo incêndio em Fafe. O fogo deflagrou esta quarta-feira à tarde na zona da Senhora da Ajuda. A repórter da SIC Catarina Lázaro falou com Paulo Ferreira, comandante-adjunto dos Bombeiros Voluntários de Fafe que fez um ponto da situação.

  • Incêndio no Marão obriga ao corte do IP4

    País

    Um incêndio de grandes proporções obrigou ao corte do trânsito no IP 4 na zona do Marão, Vila Real, disse à Lusa o comandante dos Bombeiros da Cruz branca. Segundo Orlando Matos, o forte vento que se faz sentir na região está a dificultar o combate às chamas, que estão queimar uma zona de povoamento florestal.

  • Costa lança primeira pedra do novo quartel de bombeiros em Famalicão da Serra
    1:08

    País

    António Costa lançou esta terça-feira a primeira pedra do novo quartel de bombeiros voluntários, em Famalicão da Serra, na Guarda. Na cerimónia, o primeiro-ministro dedicou algumas palavras à família do bombeiro português que faleceu há dez anos. António Costa sublinhou o exemplo dos familiares, em particular dos dois irmãos dos bombeiros que agora integram a corporação de Famalicão da serra.

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15