sicnot

Perfil

País

Vila Real, Bragança e Madeira com risco muito elevado de exposição a UV

Os distritos de Vila Real e Bragança apresentam hoje um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), bem como as ilhas do arquipélago da Madeira, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O resto do território de Portugal continental, com exceção do distrito de Portalegre, com um risco 'moderado', apresenta um risco 'elevado'. Com este risco de radiação estão também os grupos ocidental e central dos Açores. Neste arquipélago, apenas o grupo oriental tem um risco moderado.

Para as regiões com risco 'Muito Elevado' e 'Elevado', o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol. Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('Moderado'), 6 a 7 ('Elevado'), 8 a 10 ('Muito Elevado') e superior a 11 ('Extremo').

Para hoje, o IPMA prevê para Portugal continental céu geralmente pouco nublado, apresentando-se muito nublado e com ocorrência de aguaceiros até ao fim da manhã na região Norte e temporariamente durante a tarde nas regiões do interior Norte e Centro.

O vento soprará fraco a moderado, 10 a 30 quilómetros por hora (km/h), moderado a forte, 30 a 45 km/h, com rajadas até 70 km/h no Algarve e forte, 40 a 55 km/h, com rajadas até 80 km/h nas terras altas.

Para os Açores são esperados períodos de céu muito nublado com abertas e aguaceiros e na Madeira são aguardados períodos de céu muito nublado e aguaceiros em geral fracos.

Lusa

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15