sicnot

Perfil

País

Vila Real, Bragança e Madeira com risco muito elevado de exposição a UV

Os distritos de Vila Real e Bragança apresentam hoje um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), bem como as ilhas do arquipélago da Madeira, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O resto do território de Portugal continental, com exceção do distrito de Portalegre, com um risco 'moderado', apresenta um risco 'elevado'. Com este risco de radiação estão também os grupos ocidental e central dos Açores. Neste arquipélago, apenas o grupo oriental tem um risco moderado.

Para as regiões com risco 'Muito Elevado' e 'Elevado', o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol. Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('Moderado'), 6 a 7 ('Elevado'), 8 a 10 ('Muito Elevado') e superior a 11 ('Extremo').

Para hoje, o IPMA prevê para Portugal continental céu geralmente pouco nublado, apresentando-se muito nublado e com ocorrência de aguaceiros até ao fim da manhã na região Norte e temporariamente durante a tarde nas regiões do interior Norte e Centro.

O vento soprará fraco a moderado, 10 a 30 quilómetros por hora (km/h), moderado a forte, 30 a 45 km/h, com rajadas até 70 km/h no Algarve e forte, 40 a 55 km/h, com rajadas até 80 km/h nas terras altas.

Para os Açores são esperados períodos de céu muito nublado com abertas e aguaceiros e na Madeira são aguardados períodos de céu muito nublado e aguaceiros em geral fracos.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.