sicnot

Perfil

País

Vila Real, Bragança e Madeira com risco muito elevado de exposição a UV

Os distritos de Vila Real e Bragança apresentam hoje um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), bem como as ilhas do arquipélago da Madeira, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O resto do território de Portugal continental, com exceção do distrito de Portalegre, com um risco 'moderado', apresenta um risco 'elevado'. Com este risco de radiação estão também os grupos ocidental e central dos Açores. Neste arquipélago, apenas o grupo oriental tem um risco moderado.

Para as regiões com risco 'Muito Elevado' e 'Elevado', o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol. Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('Moderado'), 6 a 7 ('Elevado'), 8 a 10 ('Muito Elevado') e superior a 11 ('Extremo').

Para hoje, o IPMA prevê para Portugal continental céu geralmente pouco nublado, apresentando-se muito nublado e com ocorrência de aguaceiros até ao fim da manhã na região Norte e temporariamente durante a tarde nas regiões do interior Norte e Centro.

O vento soprará fraco a moderado, 10 a 30 quilómetros por hora (km/h), moderado a forte, 30 a 45 km/h, com rajadas até 70 km/h no Algarve e forte, 40 a 55 km/h, com rajadas até 80 km/h nas terras altas.

Para os Açores são esperados períodos de céu muito nublado com abertas e aguaceiros e na Madeira são aguardados períodos de céu muito nublado e aguaceiros em geral fracos.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.