sicnot

Perfil

País

Capturados dois reclusos que tinham fugido de Monsanto

Stephen Lam

Dois reclusos, que beneficiavam de regime aberto, fugiram na quinta-feira à noite da Cadeia de Monsanto, mas foram capturados, informou a Direção-geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

"Cerca das 23:30 horas, foi detetado que dois reclusos afetos ao Regime Aberto do Estabelecimento Prisional de Monsanto se ausentaram", da zona da cadeia cuja vigilância é descontínua, indica uma nota da DGRSP.

Um dos reclusos, após perseguição dos guardas, voltou voluntariamente e o outro foi rapidamente capturado e levado para o Estabelecimento Prisional.

Uma fonte dos serviços prisionais explicou à Lusa que os reclusos trabalhavam perto da cadeia, fora da zona murada do estabelecimento.

Os reclusos têm 30 e 34 anos e encontravam-se em fase final de cumprimento de penas de 5 e 6 anos pelos crimes de roubo, tráfico de droga e falsificação de documentos.

Após o sucedido, foram ambos enviados para outro estabelecimento prisional sem o benefício do Regime Aberto e ficaram sujeitos a um processo disciplinar, podendo ainda incorrer num crime de fuga. A situação foi igualmente comunicada ao Serviço de Auditoria e Inspeção para Processo de Averiguações.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38