sicnot

Perfil

País

PCP defende existência de 10 escalões de IRS

PCP defende existência de 10 escalões de IRS

O PCP diz que a proposta do Bloco de Esquerda para criar um alívio fiscal de 600 milhões de euros em 2018 não faz sentido. Na SIC noticias, João Oliveira disse esta manhã que o problema do IRS não pode ser visto desta forma porque não se limita aos escalões. Os comunistas defendem que esses escalões devem passar de 5 para 10.

  • PCP critica BE: "Discutir o IRS nesses termos não é vantajoso"
    1:03

    10 Minutos

    João Oliveira, o líder parlamentar comunista, diz que a proposta do BE para o IRS "não faz sentido". Na entrevista ao "10 minutos" na SIC Notícias, Oliveira defendeu que essa discussão não se deve limitar apenas aos escalões e que por isso a proposta de Catarina Martins "não é vantajosa para os portugueses". Recorde-se que a líder do BE defendeu, também no "10 minutos", um alívio fiscal de 600 M€ no OE de 2018. A proposta dos comunistas passa por transformar os atuais 5 escalões em 10.

  • Morreu Roger Moore

    Cultura

    O ator britânico Roger Moore, conhecido pelos filmes de James Bond e a série "O Santo", morreu hoje, na Suíça, na sequência de um cancro. Tinha 89 anos.

  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.