sicnot

Perfil

País

Nem jarra nem peninha. Esquerda não alinha com maioria absoluta do PS

Nem jarra nem peninha. Esquerda não alinha com maioria absoluta do PS

Na entrevista à SIC, António Costa garante que a atual solução governativa é para continuar, mesmo com maioria absoluta. No entanto, Jerónimo de Sousa e Catarina Martins já avisaram o primeiro-ministro que, caso o PS obtenha este resultado nas próximas legislativas, não pode contar com o Bloco e com o PCP.

  • "OE 2018 não está no papo", avisa Jerónimo
    0:51

    Economia

    O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, garante em entrevista à Antena 1 que o partido terá que a analisar a proposta de Orçamento do Estado para 2018 do Governo antes de se pronunciar se vota a favor ou não.

  • Se PS tiver maioria absoluta, PCP não será "peninha no chapéu"

    País

    Jerónimo de Sousa não acredita que o PS venha a ter maioria absoluta nas próximas eleições legislativas e diz que, se isso acontecesse, o PCP não poderia funcionar como "uma peninha no chapéu" dos socialistas. "Se tivéssemos um governo maioritário, de maioria absoluta do PS, isto são muitos anos de experiência, já vivi várias situações dessas e a verdade é que o resultado não foi nada brilhante", afirma Jerónimo de Sousa numa entrevista à Antena 1, que será hoje transmitida.

  • Os bloquistas "não servem para jarras"
    2:28

    País

    Catarina Martins é contra a candidatura de Mário Centeno a presidente do Eurogrupo. A oposição foi manifestada numa entrevista a Antena 1 onde revelou que já há entendimento entre o Bloco de Esquerda e o Governo para o aumento do número de escalões do IRS. Catarina Martins anunciou também que o acordo com o PS vai terminar no dia em que os socialistas obtiverem uma maioria absoluta, porque os bloquistas "não servem para jarras".

  • Opinião

    A generalidade das sondagens publicadas nas últimas semanas diz-nos que, se as eleições fossem hoje, o PS de António Costa podia alcançar a maioria absoluta. É verdade que a esta distância das legislativas, que só acontecem em 2019, o quadro traçado é meramente teórico mas não deixa de ser importante para os cálculos políticos.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.