sicnot

Perfil

País

Pólenes em níveis elevados ou muito elevados nos próximos dias

(Arquivo)

REUTERS

As concentrações de pólenes no ar vão estar em níveis elevados ou muito elevados em quase todas as regiões de Portugal continental nos próximos sete dias, segundo o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC).

Para a semana de 16 a 22 de junho, apenas a região do Algarve vai registar concentração de pólenes no ar considerada moderada, predominando os pólenes da árvore castanheiro e das ervas gramíneas.

Nas regiões de Trás -Os-Montes e Alto Douro e Entre Douro e Minho as concentrações de pólenes esperam-se muito elevadas a partir de sexta-feira.

Nestas regiões, predominam os pólenes da árvore castanheiro e das ervas gramíneas e parietária.Na Beira Interior, Beira Litoral, Lisboa e Évora os níveis serão elevados.

No Funchal os pólenes encontram-se em níveis baixos, enquanto em Ponta Delgada estão em níveis moderados.

A alergia ao pólen é causa frequente de manifestações alérgicas, que podem ser do aparelho respiratório (asma e rinite alérgica), dos olhos (conjuntivite alérgica) ou da pele (urticária e eczema).

O Boletim Polínico efetua a divulgação semanal sobre os níveis de pólenes existentes no ar atmosférico recolhidos através da leitura de postos que fazem uma recolha contínua dos pólenes em várias regiões do País.

Lusa

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06