sicnot

Perfil

País

Marcelo promulga registo oncológico mas com interrogações

O Presidente da República promulgou esta sexta-feira o diploma que prevê a criação do Registo Oncológico Nacional. Mas com várias dúvidas.

Numa nota publicada na página da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa chama atenção para a divulgação desnecessária de dados pessoais dos doentes.

O Presidente quer ainda saber porque motivo é que o anonimato dos está assegurado apenas por 15 anos, quando o diploma prevê que os dados sejam guardados durante 100 anos.

Marcelo questiona também o facto de a articulação dos novos registos com outras bases de dados não ser sujeita a autorização prévia da Comissão Nacional de Proteção de Dados.

Apesar das dúvidas, o Presidente diz promulgar o diploma por ser de "relevância global".

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06