sicnot

Perfil

País

Figueiró dos Vinhos e Alvaiázere em risco máximo de incêndio

MIGUEL A. LOPES

Os concelhos de Figueiró dos Vinhos e Alvaiázere, no distrito de Leiria, e o de Sertã, em Castelo Branco, estão hoje com risco máximo de incêndio, segundo a página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Estes municípios fazem parte da uma lista de concelhos que apresentam, durante o dia de hoje, em Portugal Continental, um risco máximo de incêndio.

Em Figueiró dos Vinhos continua a lavrar o incêndio que teve início às 13:43 de sábado em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, alastrando depois aos concelhos vizinhos (Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera), entrando também no distrito de Castelo Branco, pelo concelho da Sertã.

O último balanço dá conta de 62 mortos civis e 62 feridos, dois deles em estado grave. Entre os operacionais, registam-se dez feridos, quatro em estado grave. Há ainda dezenas de deslocados, estando por calcular o número de casas e viaturas destruídas.

Segundo o IPMA, em risco máximo de incêndio estão também os concelhos de Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Oleiros, Marvão, Nisa, Gavião (Portalegre), Mação, Ferreira do Zêzere (Santarém), Odemira (Beja) e mais a sul em Aljezur, Monchique, Silves, Loulé, Tavira, Alcoutim, Castro Marim e São Brás de Alportel, no distrito de Faro.

O IPMA colocou, igualmente, em risco máximo de incêndio os concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo, Vila Nova de Foz Coa (Guarda), Carrazeda de Ansiães, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta, Mogadouro, Vimioso, Macedo de Cavaleiros, Bragança, Vinhais, Alfândega da Fé (Bragança) e Alijó, Murça, Valpaços, Chaves (Vila Real).

Em risco muito elevado e elevado de incêndio foram, ainda, colocados vários concelhos dos 18 distritos de Portugal continental.

O risco de incêndio, determinado pelo IPMA, engloba cinco níveis, que podem variar entre 'Reduzido' e 'Máximo'.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje, no continente, continuação de tempo quente com períodos de céu muito nublado, condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoada, em especial nas regiões do interior e durante a tarde. Está também previsto vento fraco, soprando moderado de sueste, no Algarve, e temporariamente do quadrante oeste durante a tarde, na faixa costeira ocidental a sul do Cabo Espichel.

Nas terras altas, prevê-se que o vento sopre fraco a moderado do quadrante sul, sendo por vezes moderado a norte na região Sul, em especial nas serras algarvias.

A previsão aponta, ainda, para uma pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior e no Algarve.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 23 e 37 graus Celsius, no Porto entre 16 e 31, em Leiria entre 18 e 38, em Santarém entre 21 e 42, em Coimbra entre 19 e 38, em Castelo Branco entre 23 e 38, em Viseu entre 21 e 25, em Vila Real entre 22 e 35, em Bragança entre 21 e 35, na Guarda entre 21 e 31, em Portalegre entre 22 e 36, em Évora entre 21 e 29, em Beja entre 22 e 28 e em Faro entre 22 e 33.

Lusa

  • Prosseguem buscas por condutor da carrinha no ataque em Barcelona
    2:38