sicnot

Perfil

País

Barragens com nível mais baixo de água em quase 30 anos

Há 27 anos que não havia tão pouca água nas barragens portuguesas. São mais de 50 as barragens onde os armazenamentos são inferiores à media registada entre 1990 e 2016.

De acordo com o Diário de Notícias, são mais de 50 as barragens do sistema nacional de recursos hídricos onde os armazenamentos são inferiores à media registada entre 1990 e 2016. Só as bacias do Lima, Ave e Arade superaram os anos anteriores.

As dez albufeiras do Sado têm a situação mais crítica, com um armazenamento fixado nos 28%, quando o valor médio é de 59,9%.

De acordo com o IPMA, que se reúne hoje para avaliar os impactos da falta de água, trata-se de uma consequência do inverno e primavera secos.

O jornal avança que a pior seca dos últimos 27 anos nas barragens portuguesas levou os produtores de arroz a acelerarem o ciclo de crescimento da planta perdendo rendimento, desmobilizou a produção de milho e deixou populações perto de ficar sem água.

A EDP reduziu também a produção de eletricidade com recurso às barragens e a REN não afasta uma subida do preço da energia para os distribuidores.

  • Portugal enfrenta seca extrema e severa
    1:08

    País

    Portugal está a enfrentar a terceira onde de calor do ano. Cerca de 85% do país encontra-se atualmente em seca extrema e severa. O mês de junho tem registado temperaturas muito acima dos valores normais, o dia mais quente foi registado no passado sábado, com Alcácer do Sal a registar 44,9 graus.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.