sicnot

Perfil

País

Quatro civis envolvidos no caso das messes ficam em liberdade

Quatro civis envolvidos no caso das messes ficam em liberdade

Vão ficar em prisão preventiva os 12 militares suspeitos de corrupção no fornecimento de bens para as messes da Força Aérea. Os quatro civis envolvidos no processo ficaram em liberdade, mas proibidos de falar com militares. As medidas de coação foram decididas, ontem, pelo juiz que conduziu um interrogatório de várias horas.

  • Major-general entre os 16 detidos no caso das messes
    1:18

    País

    Doze militares da Força Aérea, entre os quais um major-general, foram hoje detidos pela Polícia Judiciária. No total foram realizadas 16 detenções, no âmbito do processo Zeus que investiga crimes de corrupção nas messes. Em novembro já tinham sido detidas seis pessoas.

  • Detidos por suspeitas de corrupção da Força Aérea começaram a ser ouvidos

    País

    Os 16 detidos na terça-feira pela Polícia Judiciária, por suspeitas de corrupção na Força Aérea, começaram a ser ouvidos esta quarta-feira, no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. Entre os detidos, 12 são militares, um deles major-general, e quatro são empresários do ramo alimentar. A Polícia Judiciária fala numa fraude ao Estado de cerca de 10 milhões de euros.

  • Já foram detidos 18 militares da Força Aérea suspeitos de corrupção
    2:12

    País

    As suspeitas de corrupção na Força Aérea levaram esta terça-feira à detenção de mais 12 militares, um deles o major-general que controlava as compras para as messes. Na chamada Operação Zeus, foram ainda detidos quatro empresários ligados ao ramo da alimentação. Desde o início do processo que já foram detidos 18 militares, suspeitos de receberem subornos da sobrefaturação de produtos para as messes.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.