sicnot

Perfil

País

Despesa para remoção de amianto publicada em Diário da República

Durante as férias da Páscoa, será retirada a cobertura de 15 escolas e nas restantes as obras decorrerão no verão (SIC)

A remoção de amianto em edifícios até 2020, no valor de 422 milhões de euros, foi hoje publicada em Diário da República. 25% sairão de fundos europeus e do Orçamento de Estado e o restante do Banco Europeu de Investimento do Conselho da Europa, ao qual Portugal vai apresentar candidatura.

O objetivo final é acabar com o amianto, responsável por graves doenças respiratórias quando inalado, nos edifícios onde se presta serviço público, numa operação que abrange mais de 4.200 imóveis.

O Diário da República publica hoje também uma despesa de 12 milhões de euros para tirar resíduos perigosos das minas de carvão abandonadas de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar.

Mais de 125 mil toneladas de resíduos com riscos ambientais e de saúde estão depositados nas escombreiras das antigas minas, mas o Governo pretende que até 2019 estejam retirados, para o que vai abrir um concurso público internacional.

O Fundo Ambiental cobre a despesa da operação, que será acompanhada pela Agência Portuguesa do Ambiente.

Com Lusa

  • Governo prepara projeto para suavizar transição para a reforma
    1:38

    Economia

    O Governo quer suavizar a transição do trabalho para a reforma. A ideia é que essa passagem seja feita gradualmente e não de um dia para o outro, o que pode ser mais traumático. O projeto prevê a possilidade de o trabalhador cumprir meio horário e acumular com meia pensão.

  • Portugal pode perder parte dos fundos comunitários
    2:21

    Economia

    Portugal arrisca-se a perder parte dos fundos comunitários atribuídos ao país, se não acelerar a execução dos programas que têm comparticipação de Bruxelas. A notícia é avançada pelo jornal Público, que revela que o país ainda está longe de cumprir as metas mínimas. O Executivo desdramatiza e acredita que serão cumpridas até ao final do ano. O Governo diz mesmo que Portugal deverá ser um dos países com melhores taxas de execução.

  • Proteína tóxica que se acumula no cérebro pode ser uma das causas do Alzheimer
    2:33

    País

    Uma proteína tóxica que se acumula no cérebro pode ser uma das causadoras do Alzheimer. A revelação, feita pelo prémio Nobel da Medicina de 2014, será discutida no terceiro dia da cimeira mundial sobre doenças neurodegenerativas na Fundação Champalimaud, em Lisboa. A partir de hoje, serão apresentadas novidade nas investigações científicas sobre a epidemia silenciosa, que atinge 50 milhões de pessoas em todo o mundo.

  • Primeiro discurso de Costa na ONU alinhado com o de Guterres

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, proferirá hoje o seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, devendo estar muito alinhado com a agenda política apresentada na terça-feira pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, valorizando o multilateralismo.