sicnot

Perfil

País

Greve de enfermeiros fecha quase metade dos blocos de parto da Maternidade Alfredo da Costa

(Lusa/Arquivo)

MIGUEL A. LOPES

A maior maternidade do país está a meio gás. O protesto dos enfermeiros especialistas reduziu a capacidade de resposta da Maternidade Alfredo da Costa. Os blocos de parto com capacidade para onze grávidas, estão neste momento disponíveis para seis, devido à contestação dos especialistas em obstetrícia.

Segundo António Ramos, do movimento dos enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia, a MAC iniciou hoje a paralisação ao trabalho diferenciado destes profissionais, o qual conduziu já ao encerramento de perto de metade da sua capacidade no que diz respeito aos partos.

Nesta maternidade, estão neste momento quatro grávidas internadas para terem os filhos, pelo que a capacidade da maior maternidade do país está próxima do seu limite.

Em frente da entrada da MAC, uma dúzia de enfermeiros especialistas iniciaram hoje uma manifestação silenciosa, segurando uma faixa onde pedem: "Reconhecimento - carreira digna sem mais adiamento".

Para António Ramos, o que levou estes enfermeiros especialistas a fazerem apenas cuidados de enfermagem geral é o mesmo motivo que desde 03 de julho já terá levado 700 enfermeiros em várias unidades de saúde no país a recusarem o exercício de funções especializadas.

Estes enfermeiros querem ser pagos pelas funções de especialista que exercem e não estão dispostos a esperar pela concretização da promessa do ministro da Saúde de pagar esta diferenciação a partir de 2018.

"Queremos saber como, quando e quanto.

O ministro da Saúde não percebe este protesto e eu não percebo o ministro. Temos mais responsabilidade mas esta não é paga, disse António Ramos.

Com Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50

    País

    A água é um recurso essencial para todos os organismos vivos, comunidades e atividades económicas. Num país com situações de secas recorrentes, que tendem a ser agravadas pelas alterações climáticas, o que aprendemos com anteriores episódios de escassez de água? Como usar a água para que não falte no futuro? "Água Sob Pressão" foi o tema desta Grande Reportagem, de Carla Castelo (jornalista), Manuel Ferreira (Imagem), Gonçalo Freitas (Edição de imagem), Paulo Alves (Grafismo) e Isabel Mendonça (Produção), exibida na SIC em julho de 2012 (que também foi um ano de seca, ainda que menos grave do que a atual).

  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15