sicnot

Perfil

País

Governo avança até ao final do mês com registo obrigatório dos drones

Nir Elias / Reuters

O Governo vai avançar "até ao final deste mês" com a apresentação de regulamentos para o registo obrigatório de drones superiores a 250 gramas, anunciou hoje o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, admitindo que "há muito a fazer".

"Os drones é um tema que me preocupa bastante", afirmou o ministro Pedro Marques, no âmbito de uma audição parlamentar na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

Em resposta às questões do deputado do CDS-PP Hélder Amaral sobre o que está a ser feito no âmbito da regulamentação de veículos aéreos não tripulados, o governante disse que vai avançar com o registo de drones, advogando que será "um instrumento de controlo importante".

Pedro Marques lembrou que o futuro regulamento europeu de veículos aéreos não tripulados "só deve entrar em vigor em 2018", defendendo que a Comissão Europeia deve trabalhar no sentido de antecipar o calendário.

Em termos de regulamentação nacional, o governante adiantou que "até ao final deste mês" vão ser apresentados diplomas sobre drones.

No final de junho, o presidente da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), Luís Ribeiro, anunciou no parlamento a intenção de propor ao Governo, até final de julho, um projeto legislativo sobre os drones que torna obrigatório o registo dos equipamentos e a proibição de utilização por menores de 16 anos.

No final de uma audição na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, Luís Ribeiro justificou que "é preciso tomar medidas adicionais" devido ao aumento de ocorrências com drones (aeronaves não tripuladas).

Seis meses após a entrada em vigor do regulamento em vigor, o regulador da aviação defendeu então um reforço das regras "por via legislativa".

Além do registo obrigatório de drones superiores a 250 gramas, o Governo defende a obrigatoriedade de seguros de responsabilidade civil.

"Não resolveremos todos os desafios", admitiu Pedro Marques, indicando que Portugal não é dos países europeus com maior número de ocorrências com veículos aéreos não tripulados.

Reino Unido e França lideram a lista de países europeus com mais ocorrências com drones, pelo que Portugal vai acompanhar o trabalho destes dois países em termos de regulamentação.

Para o ministro, a regulamentação de drones ganhou maior discussão com as recentes notícias de ocorrências com aviões, mas os principais riscos são a invasão da privacidade das populações e a queda dessas aeronaves não tripuladas.

Pedro Marques adiantou que estão a ser testadas tecnologias para o controlo de situações com drones, trabalho que está a ser realizado entre o regulador (a ANAC), os gestores de aeroportos (ANA) e os gestores de tráfego aéreo (a NAV).

"Acreditamos que será viável a instalação de radares para a deteção remota desses drones", avançou, indicando que têm que existir forças de autoridade adequadas para encontrar os operadores dos drones detetados.

Desde o início do ano, houve registo de 14 incidentes com drones, reportados pela aviação civil, envolvendo estes aparelhos, que violam o regulamento e aparecem na vizinhança, nos corredores aéreos de aproximação aos aeroportos ou na fase final de aterragem. Só em junho registaram-se oito ocorrências deste tipo.

Lusa

  • ANAC quer proibir uso de drones a menores de 16 anos
    1:44

    País

    A Autoridade Nacional da Aviação Civil quer proibir o uso de drones a menores de 16 anos, já que grande parte dos incidentes, junto a aeroporto, aconteceu no fim do período escolar. O regulador diz que o problema não é só nacional, que a deteção eficaz de um drone ainda não foi desenvolvida e que só a sensibilização dos utilizadores pode evitar um acidente. Até agora, só foram multados utilizadores que andavam a filmar junto a prisões, monumentos ou praias. Os utilizadores com drones intercetados junto a aviões não foram apanhados.

  • Mais um avião a cruzar-se com drone em Lisboa
    2:09

    País

    Voava a 500 metros de altitude junto à Praça de Espanha, quando o avião se preparava para aterrar, esta segunda-feira. É o 11º caso desde o início do ano. Até agora não há registo de alguém ter sido multado pela utilização indevida de drones

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.