sicnot

Perfil

País

Hospitais adquiriram mais de 130 mil pílulas abortivas em 10 anos

Eric Gaillard

Os hospitais portugueses que estão autorizados a realizar abortos adquiriram, nos últimos 10 anos, 134.564 comprimidos de mifepristona, conhecida como "pílula abortiva", desde que a interrupção da gravidez até às 10 semanas foi despenalizada.

Segundo o Infarmed, 28 hospitais do Serviço Nacional da Saúde (SNS) com gestão pública consumiram mifepristona em 2016.

A comercialização da substância que bloqueia a hormona fundamental para a manutenção da gravidez (progesterona) -- está autorizada em Portugal desde julho de 2007, precisamente na mesma altura em que entrou em vigor a lei que despenalizou o aborto até às 10 semanas, cujo aniversário se assinala este sábado.

No segundo semestre de 2007 foram vendidas 4.427 unidades desta "pílula abortiva".

Em 2008, primeiro ano completo de comercialização legal deste medicamento em Portugal, foram vendidas 14.431 unidades.

Em 2009 foram vendidas 16.339 unidades, 16.298 em 2010, 15.259 em 2011, 13.558 em 2012, 13.234 em 2013, 12.147 em 2014, 11.614 em 2015 e 11.837 em 2016.

Entre janeiro e março desde ano foram vendidos 5.420 comprimidos.

Esta "Pílula abortiva" é diferente da do "dia seguinte". Esta última atrasa a ovulação e impede a gravidez, enquanto a "pílula abortiva" interrompe uma gravidez já confirmada, que por opção da mulher pode ser tomada até às 10 semanas de gestação.

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.