sicnot

Perfil

País

Um algoritmo para evitar inundações

Investigadores da Universidade de Coimbra (UC) criaram um algoritmo inteligente para mitigar inundações em zonas urbanas.

Uma equipa de especialistas dos departamentos de engenharias informática e civil da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC "desenvolveu um algoritmo inteligente para gestão dos sistemas de drenagem de águas pluviais, por forma a evitar/mitigar inundações em zonas urbanas", afirma a UC numa nota enviada hoje à agência Lusa.

A solução, recentemente distinguida com o 'Best Paper Award' na quarta conferência Experiment@International, destina-se ao "controlo de caudais em condutas subterrâneas existentes para a drenagem das águas provenientes das chuvas".

A partir da recolha de dados fornecidos em tempo real por vários sensores de precipitação (udómetros), instalados em diferentes pontos geográficos da malha urbana, o algoritmo "avalia a situação e, de forma autónoma, ativa barreiras que controlam o fluxo da água, evitando ou mitigando a ocorrência de inundações", explica o coordenador do projeto, Alberto Cardoso, citado pela UC.

"Dependendo da intensidade de precipitação e do caudal gerado, e considerando a capacidade de retenção do sistema de tubagens existente, é tomada a decisão adequada, sem intervenção humana", acrescenta o investigador e docente da FCTUC.

Além disso, esta ferramenta informática também considera "ambientes naturais envolventes para onde a água pode ser desviada temporariamente", sublinha Alberto Cardoso.

"Foi um grande desafio desenvolver este algoritmo, porque a água tem um comportamento imprevisível", conclui o investigador.

O controlo em tempo real (RTC) de redes de drenagem de águas pluviais é "uma temática bastante atual, que tem sido objeto de diversos estudos", entre os quais o projeto europeu CENTAUR (Cost Effective Neural Technique for Alleviation of Urban Flood Risk), refere a UC.

O projeto CENTAUR envolve equipas de investigadores do Departamento de Engenharia Civil da FCTUC e a empresa municipal Águas de Coimbra.

Lusa

  • Hoje, o Primeiro Jornal esteve em Leiria
    1:13
  • Nova tecnologia provoca a queda de drones
    1:39

    País

    Um dia depois da divulgação das medidas de identificação e da obrigatoriedade de seguro para os drones, sabe-se agora que vem aí uma tecnologia para a deteção de drones e respetivos operadores, com capacidade para neutralizar os aparelhos. O início dos testes está previsto para o final do mês, na altura em que a nova legislação será publicada. 

  • "Estamos a perder tempo adiando a descentralização"
    1:29
  • Fãs choram morte de Chester Bennington
    2:12
  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Alunos de medicina fazem rastreios porta-a-porta em Belmonte
    2:18

    País

    Cerca de 60 estudantes de vários pontos do país estão em Belmonte, onde vão realizar várias atividades ligadas à saúde durante quatro dias. A SIC acompanhou esta sexta-feira o trabalho na aldeia de Colmeal da Torre. Os alunos fazem rastreios à glicemia, medição da tensão arterial e avaliação da percentagem de gordura corporal; e o objetivo é sensibilizar a população para a importância de hábitos e estilos de vida saudáveis.