sicnot

Perfil

País

Incêndio de Oleiros em fase de resolução

O incêndio que começou pelas 15:51 de segunda-feira perto de Cavalinho, na freguesia de Mosteiro, Oleiros, está em fase de resolução, de acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Na página digital da ANPC, o fogo estava, pelas 4:30, "em resolução", isto é, "sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido", mantendo-se no local 296 operacionais, apoiados por 98 meios terrestres.

As chamas fizeram com que, por precaução, tenham sido evacuadas algumas habitações, designadamente das localidades de Roqueirinho e Mosteiro, das quais foram retiradas cerca de duas dezenas de pessoas para a residencial de estudantes da vila de Oleiros, disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Oleiros, Fernando Marques.

Pelas 00:00 de hoje, permaneciam "apenas três pessoas na residencial", tendo as restantes sido acolhidas por familiares, adiantou o autarca.

O combate ao fogo mobilizava, ao final da tarde de segunda-feira, duas centenas de operacionais (mais de 300 ao início da noite), 65 viaturas e quatro meios aéreos.

Com Lusa

  • Incêndio em Oleiros tem perdido intensidade
    2:55

    País

    O número de bombeiros que combatem o fogo em Oleiros, no distrito de Castelo Branco, tem vindo a crescer, sendo já 200. O fogo começou numa zona de pinhal, perto das 16h00 mas a partir das 22h00 tem vindo a perder intensidade, como conta o repórter da SIC no local, Nelson Mateus. 

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38