sicnot

Perfil

País

Aumenta probabilidade de efeitos da tempestade Ophelia atingirem Açores

A probabilidade dos efeitos da tempestade tropical Ophelia atingirem os Açores aumentou para sete ilhas do arquipélago, informou esta terça-feira o Centro de Previsão e Vigilância Meteorológica dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

"Pela avaliação dos resultados dos diferentes modelos meteorológicos, existe uma probabilidade entre 5 a 15 % de as ilhas do grupo central (Faial, Pico, São Jorge, Graciosa e Terceira) e de 20 a 30 % de as ilhas do grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) começarem a sentir efeitos da tempestade a partir de sábado", refere um comunicado disponibilizado na página do Facebook da delegação regional dos Açores do IPMA.

De acordo com o mesmo comunicado, "para as ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo), a probabilidade de serem afetadas pelo ciclone é inferior a 5%". O Centro de Previsão e Vigilância Meteorológica dos Açores adianta que às 15:00 locais (mais uma hora em Lisboa) "o centro da tempestade tropical Ophelia localizava-se a 1.260 quilómetros a oeste/sudoeste dos Açores", mas "sem grande variação da intensidade do vento nas últimas horas". O vento médio era de 85 quilómetros/hora e as rajadas da ordem dos 100 quilómetros/hora.

"O ciclone Ophelia está a deslocar-se para sudeste a sete quilómetros/hora e espera-se que continue a intensificar-se nas próximas horas, atingindo a categoria de furacão na quarta ou na quinta-feira", lê-se no comunicado.

Segundo o centro, "o ciclone deverá continuar com esta trajetória nos próximos dois dias", mas a partir de quinta-feira prevê-se que "comece a deslocar-se de novo para nordeste, aproximando-se assim do arquipélago".

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.