sicnot

Perfil

País

Raríssimas terá usado nomes de personalidades sem autorização

Raríssimas terá usado nomes de personalidades sem autorização

A Presidente da Raríssimas terá usado o nome de várias personalidades para promover a instituição, sem o conhecimentos dos visados. Será o caso, por exemplo, do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e da ex-ministra Maria de Belém. Ambos eram referidos como conselheiros da Raríssimas e garantem que nunca desempenharam qualquer função.

  • "O ministro está na frigideira"
    5:33

    Opinião

    O ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, "está cada vez mais numa posição fragilizada" devido às suspeitas de irregularidades na associação Raríssimas, diz o subdiretor de Informação da SIC, Bernardo Ferrão. Vieira da Silva já falou sobre o caso duas vezes, mas "sempre de forma algo atralhada" e "ainda não matou todas as dúvidas".

  • As explicações e contradições do ex-secretário de Estado da Saúde sobre a Raríssimas
    2:50

    País

    Na origem da demissão de Manuel Delgado, estarão as contradições do agora ex-secretário de Estado sobre a relação que manteve com a Raríssimas e a presidente da associação. Em entrevista à TVI, foi confrontado com perguntas acerca de viagens que terá feito com Paula Brito e Costa e sobre a sua participação no financiamento da associação durante o tempo em que foi consultor.

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Ex-presidente da Raríssimas diz estar a ser alvo de cabala
    2:15

    País

    A presidente da Raríssimas demitiu-se esta terça-feira. Paula Brito e Costa está a ser investigada por suspeitas de gestão danosa na associação. Na reação, a ex-presidente diz estar a ser alvo de cabala. Também o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, que teve funções consultivas renumeradas na associação, apresentou o pedido de exoneração.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27