sicnot

Perfil

País

“Eu venho para mudar”

Entrevista SIC

“Eu venho para mudar”

Santana diz estar “em condições de disputar as próximas eleições e ganhar a António Costa” e reitera que vem “para mudar” e “para ganhar”. O candidato à liderança do PSD foi esta terça-feira entrevistado em direto no Jornal da Noite.

O candidato à presidência dos sociais-democratas falou ainda sobre o Governo que liderou em 2004, as prioridades sociais que defende para Portugal, as medidas para consolidar a economia, o negócio da Santa Casa da Misericórdia no Montepio e a atuação do Presidente da República.


Estas foram as principais declarações de Santana Lopes ao longo da entrevista:

CORRIDA À LIDERANÇA DO PSD

“Estou convencido de que estou em condições de disputar as próximas eleições e ganhar a António Costa”

“Passam a vida a querer olhar para as minhas palavras, olhem para as minhas obras”

GOVERNO DE SANTANA LOPES EM 2004

“Algum Governo ao fim de quatro meses pode ser julgado? Governos ao fim de quatro meses estão a estudar dossiers”

“Não fiz um Orçamento expansionista, não havia redução de impostos”

“Os portugueses acompanham-me há 40 anos, acha que sou um homem de não liberdade?”

PRIORIDADES SOCIAIS

“Do que precisamos como pão para a boca é dar estímulos salariais”

“O Estado constantemente invade a esfera de autonomia dos cidadãos”

“Eu venho para mudar mas não é dizendo que vou viabilizar governos do PS, eu venho para ganhar”

“Fui o primeiro que disse: olhem pelo país todo, Portugal não é só Lisboa”

A ECONOMIA PORTUGUESA

“Defendo que o equilíbrio orçamental seja alcançado pelo crescimento com contenção da despesa”

“Acredito que baixar a carga fiscal pode trazer, e traz em certa medida, maior receita”

NEGÓCIO DA SANTA CASA NO MONTEPIO

“Precisava da avaliação, quando vier a avaliação respondo se sou a favor ou contra o negócio”

ATUAÇÃO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

“Popularidade não é contagiosa, eu é que tenho de lutar pela minha”

  • "Vi Santana mais irritado e zangado do que Rui Rio"
    1:10

    Opinião

    Os comentadores da SIC Paulo Baldaia e Pedro Marques Lopes consideram que Rui Rio esteve melhor na entrevista à SIC do que Santana Lopes. Ainda assim, consideram que Santana consegue aproximar-se dos militantes do PSD quando critica Rui Rio por poder vir a viabilizar um Governo minoritário do PS.

  • A entrevista de Pedro Santana Lopes em análise
    14:01

    Opinião

    Paulo Baldaia, diretor do jornal Diário de Notícias e Pedro Marques Lopes, comentador SIC, estiveram na Edição da Noite para analisar a entrevista feita por Clara de Sousa a Pedro Santana Lopes, um dos candidatos à corrida da liderança do PSD que diz estar "em condições de disputar as próximas eleições".

  • "Santana deve um pedido de desculpas a mim e aos militantes"
    22:02

    País

    O candidato à liderança do PSD Rui Rio foi esta segunda-feira entrevistado nos estúdios da SIC em Matosinhos. Rio disse não estar "desesperado" e refere que as indicações que tem são de que vai "claramente à frente" de Santana Lopes. O candidato à presidência dos social-democratas defende também que Santana Lopes lhe deve, a ele e aos militantes do PSD, um pedido de desculpas. Rui Rio falou ainda sobre os resultados da economia portuguesa, as prioridades que tem caso ganhe as eleições, o apoio a um eventual governo minoritário, o estado da Justiça e a atuação do Presidente da República.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17