sicnot

Perfil

País

Parlamento debate hoje 24 diplomas sobre prevenção e combate aos fogos florestais

Carla Castelo

A Assembleia da República discute hoje 24 diplomas, produzidos por todos os partidos com assento parlamentar, sobre prevenção e combate aos incêndios florestais. A maioria são recomendações ao Governo.

As iniciativas legislativas estiveram inicialmente agendadas para 28 de março, dia em que foi analisado, no plenário da Assembleia da República, o relatório da comissão técnica independente sobre os incêndios de outubro, com a presença do ministro da Administração Interna, mas foram adiadas para hoje por decisão da conferência de líderes.

Dos 24 diplomas do CDS-PP, PAN, PCP, BE, PSD, PS e PEV sobre o tema dos incêndios florestais, 17 são projetos de resolução e sete são projetos de lei.

O partido que apresenta o maior número de iniciativas é o PCP, num total de seis, sendo os dois projetos de lei sobre as faixas de gestão de combustível florestal, um para revogar as competências atribuídas às autarquias, nomeadamente o prazo para assegurarem a limpeza, e outro para introduzir critérios de indemnização.

Num total de quatro diplomas, o partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) leva a discussão três projetos de lei, um dos quais sobre a alteração da moldura penal relativa ao crime de incêndio florestal.

Os outros projetos do PAN são sobre a inclusão do crime de incêndio florestal no elenco dos "crimes de investigação prioritária" e integração dos médicos-veterinários municipais como agentes de proteção civil e criação de uma equipa de salvação e resgate animal.

Com três diplomas, o Bloco de Esquerda apresenta também um projeto para que a investigação do crime de incêndio florestal passe a ser prioritária.

O PSD tem quatro iniciativas, mas apenas uma é um projeto de lei, que estabelece a criação do Observatório Técnico Independente para análise, acompanhamento e avaliação dos incêndios florestais e rurais que ocorram no território nacional.

O CDS-PP apresenta três projetos de resolução, o PS e o Partido Ecologista Os Verdes (PEV) dois cada um.

Com Lusa

  • Ministro recusa falar em falhas do Governo nos fogos de outubro
    2:13

    País

    O ministro da Administração Interna foi entrevistado esta quarta-feira no Jornal da Noite, onde recusou falar em falhas por parte do Governo nos incêndios de outubro de 2017 e destacou por várias vezes as medidas de prevenção que estão em curso. Eduardo Cabrita disse ainda que o relatório da Comissão Técnica Independente incorpora muito do que o Governo já está a fazer.

  • Proteção Civil alertou para falta de meios antes dos fogos de outubro
    3:27

    País

    Um relatório da Autoridade Nacional de Proteção Civil, divulgado pela SIC em outubro do ano passado, alertava o Governo para a urgência de ter mais meios de combate a incêndios. Foram pedidos mais 500 operacionais mas só foram disponibilizados metade. Cinco meses depois, o relatório da Comissão Independente, entregue esta terça-feira no Parlamento, confirma que a decisão foi meio caminho andado para a tragédia vivida em outubro.

  • Juntas de freguesia "devem ter papel mais determinante" na prevenção dos fogos
    23:14

    País

    João Guerreiro, presidente da Comissão Técnica Independente responsável pela elaboração do relatório sobre os incêndios de 15 de outubro, esteve na Edição da Noite desta quarta-feira para falar sobre o documento e o que pode acontecer no futuro, no que toca aos fogos e às responsabilidades apontadas no relatório. João Guerreiro afirma que as juntas de freguesia "devem ter um papel mais determinante" do que aquele que tiveram até agora e reitera que a qualificação dos profissionais "foi um ponto central no documento". Na opinião do professor, "a capacidade de intervir nos primeiros momentos é decisiva".

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27