sicnot

Perfil

País

Governo mantém proibição de caçar nas zonas ardidas até 2019

Governo mantém proibição de caçar nas zonas ardidas até 2019

O Governo decidiu manter até ao próximo ano a proibição de caçar nas zonas florestais mais devastadas pelos grandes incêndios de outubro e de Pedrogão Grande até 2019. A proibição entra em vigor a 1 de junho e protege espécies sedentárias.

Esta medida de excecional, já publicada no Diário da Republica, protege da mira das armas todas as espécies sedentárias como o coelho-bravo, a lebre, a raposa ou a perdiz-vermelha.

A proibição de caçar abrange 11 municípios dos distritos de Coimbra, Leiria e Viseu. São eles Arganil, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Mação, Marinha Grande, Mira, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Pedrogão Grande, Santa Comba Dão e Vouzela.

  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29