sicnot

Perfil

País

Cinco feridos graves que iam no autocarro que chocou com betoneira permanecem internados

Cinco dos passageiros feridos com maior gravidade no acidente que na quarta-feira envolveu um autocarro e uma autobetoneira na Via do Infante, em Loulé (Algarve), mantêm-se internados, disse hoje à Lusa fonte hospitalar.

"Os feridos com situação clínica moderada, com maior gravidade devido aos ferimentos, ficaram internados e estão a recuperar", adiantou à Lusa fonte do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA), acrescentando que os feridos ligeiros já tiveram todos alta.

O acidente causou ferimentos em todos os passageiros, de nacionalidade britânica, e no motorista do autocarro, de matrícula espanhola, que tinha sido contratado para o transporte dos turistas da Praia da Rocha, em Portimão, para o aeroporto de Faro.

Alguns dos feridos tiveram que ser desencarcerados, operações que se estenderam por mais de duas horas, até às 10:30, altura em que foi retirada a última pessoa, o motorista do autocarro.

Segundo fonte do Hospital de Faro, deram entrada nos Serviços de Urgência daquela unidade 14 feridos.

No socorro às vítimas estiveram envolvidos 93 operacionais da Proteção Civil, apoiados por 40 viaturas.

O acidente ocorreu pouco antes das 08:00, na Via Infante de Sagres (Autoestrada 22), perto do Túnel do Areeiro, no concelho de Loulé, distrito de Faro, obrigando ao corte de trânsito no sentido Loulé/Faro durante várias horas.

Lusa

  • Condutora que atropelou peregrinos "internada compulsivamente"

    País

    A condutora do veículo que hoje atropelou seis peregrinos na Estrada Nacional 365, em Alcanena, apresentava problemas do foro psicológico e teve de ser internada compulsivamente. O atropelamento esta madrugada fez uma vítima mortal, um homem, e feriu cinco pessoas, uma das quais em estado grave.

  • Maduro deve ser reeleito em eleições contestadas pela oposição
    1:46

    Mundo

    Os venezuelanos elegem hoje o Presidente que deverá estar à frente do país até 2025. Há quatro candidatos, mas Nicolás Maduro é o favorito na corrida. A oposição apelou ao boicote e vários países da América e das Caraíbas, os EUA e a UE já avisaram que não reconhecerão resultados de uma eleição que não é livre nem transparente.

  • A solução de Elon Musk para os engarrafamentos em Los Angeles
    1:23