sicnot

Perfil

Depois da Fraude

Depois da Fraude

A mesma equipa que trabalhou na Grande Reportagem A Fraude, emitida em 2013, desvenda agora, em dois episódios, a verdadeira dimensão da herança tóxica do caso BPN.

  • Quem são os maiores devedores no caso BPN

    A Fraude

    Uma investigação da SIC leva-nos de volta ao escândalo do BPN. Em duas partes, a Grande Reportagem "Depois da Fraude" abordou a herança do banco, explicando o que é a Parvalorem, e hoje mostra os principais devedores da empresa que gere o lixo tóxico. O jornalista Pedro Coelho revelou alguns excertos, no Primeiro Jornal, de "A Cobrança", a segunda parte da história, para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Depois da Fraude

  • Depois da Fraude (1ª Parte): A Herança

    A Fraude

    A Parvalorem gere uma carteira de dividas de 4, 5 mil milhões de euros. Contudo, gere igualmente os 300 funcionários do BPN que ainda resistem e que não foram contratados pelo BIC quando o banco angolano comprou o BPN. A Grande Reportagem desta quinta-feira mostra-lhe uma empresa doente, que esteve parada, literalmente, durante dois anos. O relato completo de seis anos de angústia. A segunda parte da Grande Reportagem será transmitida esta sexta-feira.

    Depois da Fraude

  • Depois da Fraude

    A Fraude

    Em 2013, a SIC exibiu quatro episódios sobre o escândalo BPN. Num esforço de descodificação da fraude, fizemos a história do banco, criado em 1998, por José Oliveira Costa, um antigo secretário de Estado de Cavaco Silva, um homem simples, de família humilde, natural do distrito de Aveiro. Sobre Oliveira Costa já tudo se escreveu; já tudo se disse. É o rosto de uma história que está a deixar profundas marcas num país a viver em asfixia financeira. Não será, certamente, o único. Os processos judiciais associados ao BPN sucedem-se, destapando outros protagonistas. Seguem ao ritmo lento da justiça. O processo principal começou em dezembro de 2010, há quatro anos. Envolve 15 arguidos. Ouviu 300 testemunhas. E está para durar. Há outros três processos, igualmente relevantes, em estado de maturação judicial avançado. Mas os inquéritos prosseguem. A história completa do BPN, provavelmente, nunca chegará ao fim.

    Depois da Fraude

  • A Fraude (3ª Parte): No rasto do dinheiro

    A Fraude

    O terceiro episódio da Fraude segue no rasto do dinheiro. Tentaremos perceber se a verba que anda perdida na centena de offshores criadas pela gestão de Oliveira Costa pode, ou não, ser recuperada. Estamos a falar de uma parcela gigantesca, na ordem dos 700 milhões de euros.

    Depois da Fraude

  • Anatomia de um golpe em debate

    A Fraude

    Elísio Costa Amorim, advogado Associação Nacional de Defesa dos Direitos dos clientes do BPN, e Micael Pereira, jornalista do Semanário Expresso, analisam o segunda capítulo da Grande Reportagem da SIC sobre o BPN.

    Depois da Fraude