sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Zhang Yimou revê a história da China

cartaz cinema

Zhang Yimou revê a história da China

Em “Regresso a Casa”, Zhang Yimou traça um fresco histórico da China, a partir do período da Revolução Cultural.João Lopes comenta as principais estreias da semana, destacando também o lançamento em DVD de “Adeus à Linguagem”, de Jean-Luc Godard.

Zhang Yimou revisita as convulsões da Revolução Cultural chinesa a partir das vivências dramáticas de um casal — é um fresco histórico e, ao mesmo tempo, um retrato intimista e comovente. Gong Li, actriz “fetiche” do cineasta, volta a ser a protagonista.

Chris Columbus, o realizador de “Sozinho em Casa” (1990), aborda agora o universo dos videojogos: “Pixels” é uma aventura, ao mesmo tempo cómica e fantástica, de um grupo de amigos forçados a enfrentar uma invasão extraterrestre feita com personagens dos próprios jogos...

“Até à Eternidade” regressa aos ecrãs, em cópia restaurada. Filme sobre os bastidores da Segunda Guerra Mundial, dirigido por Fred Zinnemann, com um elenco que inclui Burt Lancaster, Frank Sinatra e Donna Reed, foi o grande vencedor dos Óscares referentes a 1953.

“Uma Mulher, uma Arma e uma Loja de Massas” (2009), outro filme de Zhang Yimou, é o primeiro destaque entre os DVD: uma comédia muito negra, em cenários chineses, mas inspirada em “Blood Simple” (1984), dos irmãos Coen.

Também em DVD, já pode ser visto “Adeus à Linguagem”, uma experiência de Jean-Luc Godard que, nas salas, passou em 3D — ou como Godard continua a ser um dos grandes experimentadores do cinema contemporâneo.

* Banda sonora: “Salve-se quem Puder” (1979), de Jean-Luc Godard

> “L’Imaginaire”, Gabriel Yared

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC