sicnot

Perfil

cartaz.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Zhang Yimou revê a história da China

cartaz cinema

Zhang Yimou revê a história da China

Em “Regresso a Casa”, Zhang Yimou traça um fresco histórico da China, a partir do período da Revolução Cultural.João Lopes comenta as principais estreias da semana, destacando também o lançamento em DVD de “Adeus à Linguagem”, de Jean-Luc Godard.

Zhang Yimou revisita as convulsões da Revolução Cultural chinesa a partir das vivências dramáticas de um casal — é um fresco histórico e, ao mesmo tempo, um retrato intimista e comovente. Gong Li, actriz “fetiche” do cineasta, volta a ser a protagonista.

Chris Columbus, o realizador de “Sozinho em Casa” (1990), aborda agora o universo dos videojogos: “Pixels” é uma aventura, ao mesmo tempo cómica e fantástica, de um grupo de amigos forçados a enfrentar uma invasão extraterrestre feita com personagens dos próprios jogos...

“Até à Eternidade” regressa aos ecrãs, em cópia restaurada. Filme sobre os bastidores da Segunda Guerra Mundial, dirigido por Fred Zinnemann, com um elenco que inclui Burt Lancaster, Frank Sinatra e Donna Reed, foi o grande vencedor dos Óscares referentes a 1953.

“Uma Mulher, uma Arma e uma Loja de Massas” (2009), outro filme de Zhang Yimou, é o primeiro destaque entre os DVD: uma comédia muito negra, em cenários chineses, mas inspirada em “Blood Simple” (1984), dos irmãos Coen.

Também em DVD, já pode ser visto “Adeus à Linguagem”, uma experiência de Jean-Luc Godard que, nas salas, passou em 3D — ou como Godard continua a ser um dos grandes experimentadores do cinema contemporâneo.

* Banda sonora: “Salve-se quem Puder” (1979), de Jean-Luc Godard

> “L’Imaginaire”, Gabriel Yared

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.