sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Luca Guadagnino reinventa o cinema romântico

Cartaz Cinema

Luca Guadagnino reinventa o cinema romântico

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Nome central na atual produção europeia, o italiano Luca Guadagnino assina agora “Chama-me pelo Teu Nome”, filme muito bem colocado na corrida aos Oscars. João Lopes destaca ainda a estreia de “As Lamas do Mississipi”, sobre o racismo na década de 1940, e o lançamento em DVD do documentário “Caminha Comigo”.

Com Armie Hammer e Timothée Chalamet nos papéis centrais, “Chama-me pelo Teu Nome” parte da experiência de um estudioso de arqueologia na Itália da década de 1980 e do seu encontro amoroso com um jovem de 17 anos. Já várias vezes consagrado na actual temporada de prémios — foi eleito melhor filme do ano nos Gotham Awards (cinema independente) —, o filme reflecte a trajectória criativa de Luca Guadagnino, apostado em reinventar os valores clássicos do cinema romântico, depois de “Eu Sou o Amor” (2009) e “Mergulho Profundo” (2015).

Baseado no romance “Mudbound”, de Hillary Jordan, “As Lamas do Mississipi” faz o retrato de dois jovens, um branco, outro negro, que estiveram nos combates da Segunda Guerra Mundial — ao regressarem ao Mississipi, deparam com um mundo em que, afinal, as componentes racistas não foram alteradas. Dirigido por Dee Rees, este é um dos títulos fundamentais no mais recente cinema americano marcado pelas memórias dos afro-americanos.

“Uma Mulher Não Chora”, de Fatih Akin, aborda a tragédia íntima de uma mulher que perdeu o marido e o filho num ataque terrorista. Em registo de “thriller”, o filme centra-se numa vibrante composição de Diane Kruger que, aliás, lhe valeu o prémio de interpretação feminina no Festival de Cannes.

“Caminha Comigo” (2017), de Mark J. Francis e Max Pugh, dá a ver a vida quotidiana da comunidade de reflexão fundada em França pelo monge vietnamita Thich Nhat Hanh — um documentário invulgar, já disponível em DVD, com narração de Benedict Cumberbatch.

* Banda sonora: “Chama-me pelo Teu Nome” (2017), de Luca Guadagnino

> “Mystery of Love”, Sufjan Stevens

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19