sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Spielberg celebra o trabalho jornalístico

Cartaz Cinema

Spielberg celebra o trabalho jornalístico

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Com “The Post”, Steven Spielberg celebra o trabalho jornalístico e o direito à informação através da evocação de uma história da década de 70. João Lopes destaca também a estreia de dois documentários, “Faithfull” e “Gatos”, e ainda a edição em Blu-ray de um clássico de Frank Capra.

Com Tom Hanks e Meryl Streep nos principais papéis, o novo filme de Steven Spielberg evoca o momento, em 1971, em que o jornal “The Washington Post” decide publicar os polémicos “Pentagon Papers”, sobre o envolvimento americano no Vietname — uma saga jornalística na tradição liberal de Hollywood que surge entre os nove títulos nomeados para o Oscar de melhor filme do ano.

Marianne Faithfull aceitou partilhar com a realizadora Sandrine Bonnaire (mais conhecida como actriz do cinema francês) algumas memórias dramáticas, nomeadamente sobre o período em que consumiu drogas e o modo como se empenhou no combate à dependência — “Faithfull” é um documentário ao mesmo tempo tocante e intimista.

“Gatos”, de Ceyda Torun, aborda um universo estranho e fascinante: a vida dos gatos das ruas de Istambul e, em particular, o modo como se relacionam com os seres humanos — um exemplo raro, pleno de humor, de aplicação de um olhar documental.

Há mais um clássico de Hollywood disponível no circuito de Blu-ray: “Não o Levarás Contigo” (1938), de Frank Capra, combina as agruras do drama e as alegrias da comédia para propor uma fábula social sobre o dinheiro e as relações humanas — com o par James Stewart/Jean Arthur.

* Banda sonora: “Cinderela em Paris” (1957), de Stanley Donen

> “How Long Has This Been Going On?”, Audrey Hepburn

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • EUA expulsa dois diplomatas venezuelanos e dá-lhes 48 horas para deixarem o país

    Mundo

    Os Estados Unidos anunciaram, na quarta-feira, a expulsão de dois diplomatas venezuelanos, aos quais deu um prazo de 48 horas para sairem do país. A decisão é a resposta ao anúncio de Presidente da Venezuela de expulsar o encarregado de negócios e o chefe da secção política da embaixada dos Estados Unidos em Caracas, Todd Robinson e Brian Naranjo, respetivamente.