sicnot

Perfil

diaseg.png

O Dia Seguinte

2ªFEIRA 21:50

O Dia Seguinte

Gomes da Silva responde a Inácio, Rogério Alves diz que Jesus continua a ser alvo

Gomes da Silva responde a Inácio, Rogério Alves diz que Jesus continua a ser alvo

Acusado de ser um "cão de fila" por Augusto Inácio, Rui Gomes da Silva respondeu ontem no programa O Dia Seguinte. O dirigente do Benfica diz que o responsável pelas relações externas do Sporting é "um pau mandado" e "um cobarde". Rogério Alves defende que o Benfica continua a fazer do treinador do Sporting um alvo. Já Guilherme Aguiar considera que já começa a haver algum "desgaste" dentro do Sporting.

  • Augusto Inácio põe em causa lesão de Júlio César
    0:34

    Play-Off

    Augusto Inácio levantou dúvidas sobre a lesão do guarda-redes Júlio César. No programa Play-Off, da SIC Notícias, o comentador diz que teve conhecimento que o brasileiro saiu da equipa por alegados problemas relacionados com a renovação contratual. O Benfica não reage para já às acusações.

  • Inácio "é um pau mandado", Jesus tem "falta de amor próprio"
    5:19

    O Dia Seguinte

    Acusado de ser um "cão de fila" por Augusto Inácio, Rui Gomes da Silva retribui e vai mais longe. O dirigente do Benfica diz que o responsável pelas relações internacionais do Sporting é "um pau mandado" e "um cobarde" e que o que Inácio disse no Play-Off da SIC Notícias, domingo, "é uma declaração tonta". No Dia Seguinte, também na SIC Notícias, Rui Gomes da Silva comentou o "caso Júlio César" e respondeu também ao treinador dos leões: "à conta de Jorge Jesus perdi três campeonatos".

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.