sicnot

Perfil

E se fosse consigo?

"Álvaro" viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito

"Álvaro" viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito

Viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito. "Álvaro", nome fictício, depois de mais uma agressão grave, que o fez temer pela própria vida, acabou nas urgências do hospital. Saiu de lá a pé, sozinho, sem nada e sem ter para onde ir. A mulher foi condenada por um tribunal a dois anos de pena suspensa. "Álvaro" vive hoje numa instituição onde tenta recomeçar a vida, um dia de cada vez.

  • Um casamento feliz até se instalar o ciúme e o controlo
    4:33

    E se fosse consigo?

    António Lopes casou com vinte anos, a mulher tinha dezasseis. Um casamento feliz até se instalar o ciúme e o controlo. A rua passou a estar-lhe proibida, o sofá e a televisão passaram a ser o seu mundo. O dinheiro era uma das fontes dos problemas, a pequena reforma que recebia, a mulher queria-a por inteiro. Ao fim de 20 anos, a violência instalou-se e subiu de tom. António diz que foi suportando muitas agressões, mesmo à frente das filhas, sem responder nem apresentar queixa. Até ao dia em que não aguentou e "respondeu". Acabou preso 4 meses.

  • Quando num casal a mulher é a agressora alguém liga? E Se Fosse Consigo?
    2:03

    E se fosse consigo?

    Até que ponto alguém está disposto a acabar com uma cena de violência entre um casal quando é a mulher que insulta e agride? Fizemos a experiência. Em plena via pública um homem é insultado, agredido, humilhado. Todos veem e ouvem, mas ninguém vem em seu socorro. Todos os limites são ultrapassados. E Se Fosse Consigo? Passava e não ligava? Deixava a violência continuar? E se fosse a mulher a ser agredida?

  • Junta de Santa Maria Maior no centro de Lisboa contra despejos de idosos
    3:02
  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.