sicnot

Perfil

E se fosse consigo?

Assédio, até onde vai a tolerância?

Episódio completo

Assédio, até onde vai a tolerância?

Assédio é o tema do programa E Se Fosse Consigo?

  • "Não é correto dizer-se que houve criminalização do piropo"
    5:26

    E se fosse consigo?

    A alteração da lei sobre importunação sexual feita em 2015 não veio definir com exatidão a diferença entre um comentário rude e uma proposta de teor sexual, "o que temos hoje é uma lei que não é carne nem é peixe", diz André Lamas Leite. Para o professor de Direito, o que leva muitos homens a ter esse tipo de comportamentos é o desejo de mostrarem a sua virilidade perante os outros e as mulheres são as principais vítimas. "O que faz falta é o respeito pela igualdade", pela liberdade dos outros.

  • "Não é suposto uma criança de 13 anos ouvir isto"
    5:30

    E se fosse consigo?

    Segundo estudos da comissão Europeia, mais de 50% das mulheres da Europa já foram vítimas de assédio sexual. Paula Cosme Pinto conta que, aos 13 anos, o que ouviu deixou-lhe marcas. Sentiu culpa, sentiu-se mal com o corpo e acredita que as memórias desse momento ainda têm influência na vida dela mesmo depois dos 30. A criadora do blogue “A Vida de Saltos Altos” acredita que a alteração da lei feita em 2015 veio proteger as mulheres, porque "os agressores não podem sair impunes”.

  • Maioria das queixas de importunação sexual não resultam em nada. E se fosse consigo?
    2:05

    E se fosse consigo?

    A lei de importunação sexual que previa punição para atos exibicionistas e contacto de natureza sexual forçado foi alterada em 2015. Passou a incluir "propostas de teor sexual". No ano passado, foram instaurados mais de 700 inquéritos. Só 75 resultaram em acusações. Este ano, até setembro, existiam mais de 625 inquéritos, apenas 66 deles com acusações. O crime dá prisão até um ano ou até 3 se envolver menores de 14 anos. O que se verifica é que a esmagadora maioria das queixas de importunação sexual não resultam em nada.

  • “Eram piropos do mais obsceno que possa existir”
    3:06

    E se fosse consigo?

    Em plena rua, Ricardo Moreira foi testemunha da abordagem abusiva de um grupo de homens a cada mulher que passava. Decidiu denunciar o comportamento num telefonema à PSP. Descreveu a situação a um primeiro agente que o encaminhou para um segundo mas nenhum deles pareceu que estivesse "especialmente interessado". Ricardo Moreira não desistiu, explicou uma, duas, três vezes, o que se estava a passar, até que a queixa foi ouvida.

  • "O que me agrada é que cada vez menos as pessoas toleram estas coisas”
    5:55

    E se fosse consigo?

    Em Portugal, as mulheres são as principais vítimas de assédio no trabalho. Quem assedia são sobretudo homens. Os dados constam no estudo “Assédio Sexual e Moral no Local de Trabalho”, que aponta para uma diminuição de casos nos últimos anos. Para Anália Torres, investigadora do CIEG e coordenadora do estudo, os 14% de situações identificadas ainda são mais elevados do que a média da Europa. “Em Portugal, tem havido muita tolerância mas o que me agrada ultimamente é que cada vez menos as pessoas toleram estas coisas”.

  • "Se fosse uma filha ou neta minha metia-me logo!"
    3:43

    E se fosse consigo?

    Até que ponto somos capazes de intervir quando alguém é molestado mesmo debaixo dos nossos olhos? Na experiência que fizemos com atores, mais de 50 pessoas viram e ouviram uma jovem ser tratada de uma forma intolerável, mas a maioria optou por ignorar. A cena passa-se numa paragem de autocarros onde dois rapazes protagonizam vários tipos de abuso. E Se Fosse Consigo? Também deixava passar?

  • "Um piropo sim, mas falta de respeito não!"
    3:36

    E se fosse consigo?

    O que distingue um piropo de uma falta de respeito? Qual é o limite? Quisemos saber. Recriámos uma cena com atores num local público. Uma rapariga é assediada por dois rapazes desconhecidos. O desrespeito é evidente. E Se Fosse Consigo? Saía em defesa da jovem ou fingia que não via?

  • "A partir do momento que ela diz que não, é não. Isto é abuso, é punido por lei"
    4:53

    E se fosse consigo?

    Os assediadores não têm cor, idade ou grau académico. As vítimas são na maioria mulheres. Na experiência que fizemos com câmaras ocultas e atores, dois jovens desrespeitam uma rapariga numa abordagem claramente abusiva. Muitos viram e não fizeram nada, mas houve quem não hesitasse em intervir. E Se Fosse Consigo? Ou se fosse com a sua filha, a sua mãe, a sua irmã, a sua mulher?

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.