sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

''Noivas de Santo António''

Torna-se difícil, para não dizer impossível, não nos rendermos à história de amor de Maria de Lurdes e José Soares. Ao fim de 57 anos de casados continuam a trocar olhares apaixonados.

Maria de Lurdes e José Soares namoravam há 2 anos quando José viu o anúncio das Noivas de Sto António no "Diário Popular".

Maria de Lurdes e José Soares namoravam há 2 anos quando José viu o anúncio das Noivas de Sto António no "Diário Popular".

No primeiro anos das Noivas de Santo António houve 150 casais inscritos mas apenas 50 foram selecionados.

No primeiro anos das Noivas de Santo António houve 150 casais inscritos mas apenas 50 foram selecionados.

Conheceram-se em 1956, Maria de Lurdes tinha apenas 14 anos e José tinha 18. Dizem que foi amor à primeira vista.
Casaram passados 2 anos de namoro, em 1958,  na primeira edição das ''Noivas de Santo António''. A iniciativa foi criada pelo, já extinto,  jornal 'Diário Popular' para prestar homenagem ao Santo Casamenteiro e para dar apoio aos casais mais pobres da zona de Lisboa.
As Noivas de Santo António terminaram em 1974 e só foram retomadas 23 anos depois, pela Câmara Municipal de Lisboa. 
Hoje, este evento tornou-se uma autêntica tradição Alfacinha que marca a altura das festas de Lisboa.
Atualmente o evento chama-se ''Casamentos de Santo António'' e sofreu algumas mudanças mas a sua essência permanece a mesma. 
No próximo Perdidos e Achados, vamos folhear o álbum de casamento do casal Soares e de outros 2 casais que casaram pelas Noivas de Santo António.

Jornalista: Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem: Nuno Fróis

Edição de Imagem: Andrés Gutierrez

Produção: Cláudia Araújo, Madalena Durão

Coordenação: Maria João Ruela

Direção: Alcides Vieira

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.