sicnot

Perfil

Grande Reportagem SIC

O meu filho ficou lá

GRANDE REPORTAGEM

O meu filho ficou lá

A Guerra Colonial levou milhares de soldados portugueses para África e deixou por lá muitas crianças sem pai. Na parte final do conflito, António Bento foi enviado para Angola onde prestou serviço militar entre 1973 e 1975. Durante a comissão de serviço, António apaixonou-se pela angolana Esperança e deixou-a grávida quando regressou a Portugal. Mas nunca esqueceu o que se passou. Quatro décadas depois, o ex-combatente voltou a Angola, à região de Luena para conhecer o filho Jorge Paulo, que tem a mesma idade de Angola independente: 40 anos. "O meu filho ficou lá" é uma investigação do jornal Público em parceria com a SIC, que nos leva numa viagem ao interior de Angola e à emoção do primeiro encontro entre um pai e um filho.

Reportagem completa para ler no Público de domingo ou em www.publico.pt
Informações sobre o tema podem ser enviadas para o email filhosdovento@publico.pt
  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC