sicnot

Perfil

Grande Reportagem SIC

Grande Reportagem SIC "Depois da Fraude" distinguida com o prémio Gazeta

A Grande Reportagem da SIC "Depois da Fraude", emitida em dois episódios, em novembro do ano passado, conquistou, esta terça-feira, o prémio Gazeta de televisão.

O trabalho segue o rasto do BPN e mergulha no detalhe da sua herança tóxica.

O trabalho segue o rasto do BPN e mergulha no detalhe da sua herança tóxica.

SIC

O trabalho, assinado pelo jornalista Pedro Coelho, com imagem de Luís Pinto, edição de imagem de Ricardo Tenreiro e design visual de Alexandre Ferrada, segue o rasto do BPN e mergulha no detalhe da sua herança tóxica.


A Grande Reportagem desvenda o universo Parvalorem e as vidas dos antigos trabalhadores do banco de Oliveira e Costa, que estão prestes a perder o posto de trabalho.


A segunda parte detalha o perfil de alguns dos principais devedores do banco, relatando a participação de cada um no buraco superior a 4 mil milhoes de euros, que o país já pagou.


O Clube dos Jornalistas, entidade que atribui o prémio, classificou 'Depois da Fraude' como trabalho "expressivo e bem documentado". 

  • Depois da Fraude (1ª Parte): A Herança
    37:16

    A Fraude

    A Parvalorem gere uma carteira de dividas de 4, 5 mil milhões de euros. Contudo, gere igualmente os 300 funcionários do BPN que ainda resistem e que não foram contratados pelo BIC quando o banco angolano comprou o BPN. A Grande Reportagem desta quinta-feira mostra-lhe uma empresa doente, que esteve parada, literalmente, durante dois anos. O relato completo de seis anos de angústia. A segunda parte da Grande Reportagem será transmitida esta sexta-feira.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.