sicnot

Perfil

Sociedade das Nações

A demissão de Liz Wahl

Há um ano, com a anexação da Crimeira, a jornalista Elisabeth Wahl despediu-se em direto do canal de televisão Russia Today, acusando o Kremlin de manipular a informação do mesmo. "Não posso fazer parte de um canal financiado pelo Governo russo, que mascara as ações de Putin. Orgulho-me de ser americana e acredito na divulgação da verdade e, é por isso que, depois deste noticiário, vou despedir-me", explicou.

 Esta semana no Sociedade das Nações, Elizabeth Wahl revela o que verdadeiramente se passou. A jornalista americana lembra ainda o processo que seguiu à sua demissão e as teorias da conspiração que se seguiram na Internet. 

Elizabeth Wahl apresentou na CNN, MSNBC, Fox News, The View, The Colbert Report, entre outros noticiários internacionais e escreveu sobre as suas experiências para a Politico Magazine. De 2011 a 2014, foi correspondente para os EUA da RT TV tendo-se destacado internacionalmente na sequência da sua demissão do canal. 
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.